Clima: Instabilidades voltam ao Sudeste do Brasil com boas chuvas para cinturão produtivo de SP e MG

Instabilidades voltaram a tomar a região Sudeste do Brasil nas últimas horas, com destaque para os estados de Minas Gerais e São Paulo. A previsão do tempo aponta que até quarta-feira (22) os acumulados podem chegar a até 70 milímetros em áreas produtoras de café do Sul de Minas Gerais e até 50 mm na Zona da Mata, Cerrado e Sul do Espírito Santo. Já em São Paulo, o risco é de tempestades nos próximos dias, com ventos fortes e até 50 mm/dia.

As lavouras de café do Brasil da safra comercial 2018/19 estão em desenvolvimento para colheita no ano que vem e nos últimos meses sofreram bastante com baixos volumes de chuva e altas temperaturas, que abortaram floradas em praticamente todo o cinturão produtivo do país.

Já no estado de São Paulo, maior estado produtor de cana-de-açúcar e que também iniciará colheita no início do ano que vem, a previsão é de perigo potencial com tempestades até amanhã (18). “Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h), e queda de granizo. Baixo risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos”, aponta o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Fonte: Notícias Agrícolas

About Jose.Damico
Damico tem 23 anos de experiência em tecnologia e é especialista em transformação digital. Em sua primeira empresa desenvolveu tecnologias pioneiras para e-learning e dispositivos de segurança da informação. Durante esse mesmo período foi co-fundador de uma startup de e-procurement ativa até hoje. Posteriormente, iniciou suas atividades na IBM. Foi engenheiro de software, e se destacou com o desenvolvimento da plataforma DB2 para análise de grandes volumes de dados, ainda nesta época foi eleito para o Technology Leadership Council da IBM. Durante 8 anos desenvolveu projetos inovadores, fundou uma startup de sistemas de segurança embarcados em processadores no Vale do Silício, investida pelo Intel Capital. Nos últimos anos, atuou como CIO e P&D em empresas de tecnologia focadas no mercado financeiro do Brasil e Europa. Ele também tem uma forte presença na comunidade internacional de software livre. Na SciCrop, José coordena todos os desenvolvimentos tecnológicos, aplicando o conhecimento de suas pesquisas inovadoras em big data e IOT para a agricultura.

No Comments, Be The First!

Your email address will not be published.