Primeira fábrica de fertilizante organomineral com tecnologia Embrapa e Calderon Consulting inaugura em maio

No próximo mês de maio, será inaugurada no DF a primeira fábrica de fertilizante organomineral com tecnologia Embrapa e Calderon Consulting, a Organogran. Seguindo um modelo de inovação aberta, a Embrapa Solos (RJ), em parceria com a Calderon Consulting, desenvolveu um fertilizante que poderá ser produzido em escala industrial. “Foi a parceria perfeita, porque de um lado, tínhamos a fórmula e a Calderon Consulting tinha o processo de produção e a engenharia das fábricas. Com isso foi possível gerar um produto pronto para chegar ao consumidor final”, explica Denise Werneck, chefe da área de Transferência de Tecnologia da Embrapa Solos. A OrganoGran está localizada no PAD-DF, na DF-130, numa área de 40mil metros quadrados, com capacidade de produção de 25mil toneladas/ano.

O produto pode ser fabricado a partir de cama de frango ou de dejetos suínos. Aproveitando os resíduos orgânicos de agroindústrias, da criação de animais e restos agrícolas, os fertilizantes organominerais são processados, estabilizados e devolvidos aos solos na forma de nutrientes. Com isso, reduzem o impacto gerado pela atividade agropecuária e elevam a produtividade do solo.

Os organominerais proporcionam sustentabilidade na produção agrícola por proporcionar a redução em até 10% do uso de fertilizantes químicos, por potencializar a ação microbiana e disponibilizar mais nutrientes no solo. O rendimento do fertilizante é, ainda, 15% superior se comparado aos fertilizantes normalmente utilizados pelos produtores”, afirma o pesquisador da Embrapa Solos, Vinicius Benites.

Fertilizaremos o solo dos produtores com matéria orgânica, NPK e micronutrientes simultaneamente, com um fertilizante organomineral granulado, sem qualquer restrição ao uso em plantadeiras”, planeja Luciano Conceição, empresário que atua no agronegócio há 28 anos.

Fonte: Embrapa Solos

2 Comments

  1. Luciano ConceiçãoJanuary 30, 2017 at 10:07 pm

    Boa noite! Matéria improtante mas com muitas informações faltantes. A Embrapa não produzirá organomineral. E também não tem fábrica. Quem vai produzir o fertilizante é a ORGANOGRAN, utilizando a tecnologia Embrapa/Calderon Consulting. Qualquer informação complementar, estamos à disposição. att. Luciano Conceição.

    Reply
    • Danielle RosaFebruary 1, 2017 at 5:42 pm

      Olá Luciano! Agradecemos pelas informações. O texto foi alterado, assim como o link que leva à notícia original da Embrapa.

      Reply

Your email address will not be published.