Embrapa lança tecnologia que aumenta eficiência da ureia

Uma nova tecnologia desenvolvida pela Embrapa Solos em parceria com a Esalq/USP promete reduzir os custos com o fertilizante mais utilizado na agricultura brasileira, a ureia. O fertilizante nitrogenado com aditivos deve ser lançado nos dias 10 e 11 de Outubro na EsalqShow, em Piracicaba, São Paulo.
A tecnologia evita a transformação do nitrogênio presente no fertilizante em amônia gasosa ou em nitrato, em vez de estarem aplicados ao redor do grânulo do produto estão, agora, incorporados ao grânulo.

“Desenvolvemos essa tecnologia porque o fertilizante nitrogenado é caro, em grande parte, importado e, mais de 40% é perdido para a atmosfera ou para a água quando aplicado no campo”, conta o o Chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Solos, José Carlos Polidoro.

“Os inibidores de urease são conhecidos há bastante tempo, com sua incorporação aos grânulos conseguimos aumentar sua eficiência. Assim sendo, a vantagem competitiva do produto para a indústria é grande, já que ele utiliza um inibidor conhecido, em menor dose”, acrescentou Polidoro.

De acordo com a Embrapa, o produto é de fácil fabricação e poderá ser adaptado facilmente por empresas interessadas. “Com base no conhecimento da dinâmica do nitrogênio proveniente da aplicação da ureia no solo, este fertilizante se insere num contexto estratégico e econômico da busca de maneiras para minimizar as perdas deste nutriente”, resumiu Polidoro.

Fonte: Agrolink

About Jose.Damico
Damico tem 23 anos de experiência em tecnologia e é especialista em transformação digital. Em sua primeira empresa desenvolveu tecnologias pioneiras para e-learning e dispositivos de segurança da informação. Durante esse mesmo período foi co-fundador de uma startup de e-procurement ativa até hoje. Posteriormente, iniciou suas atividades na IBM. Foi engenheiro de software, e se destacou com o desenvolvimento da plataforma DB2 para análise de grandes volumes de dados, ainda nesta época foi eleito para o Technology Leadership Council da IBM. Durante 8 anos desenvolveu projetos inovadores, fundou uma startup de sistemas de segurança embarcados em processadores no Vale do Silício, investida pelo Intel Capital. Nos últimos anos, atuou como CIO e P&D em empresas de tecnologia focadas no mercado financeiro do Brasil e Europa. Ele também tem uma forte presença na comunidade internacional de software livre. Na SciCrop, José coordena todos os desenvolvimentos tecnológicos, aplicando o conhecimento de suas pesquisas inovadoras em big data e IOT para a agricultura.

No Comments, Be The First!

Your email address will not be published.